INFORMAÇÕES ÚTEIS

Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

10 benefícios da goji berry


1 - Rica em polissacarídeos, que impedem a absorção de patógenos intestinais (imunidade).

2 - Rica em vitaminas do complexo B que auxiliam na constituição de células protetoras (imunidade).

3 - Rica em arginina e glutamina, que auxiliam na liberação do hormônio do crescimento (interessante para quem quer ganhar massa magra).

4 – Potente estimulante, auxilia no aumento no nível de energia e na capacidade de concentração.

5 – Pela ação estimulante, também pode ajudar na redução da fadiga e do estresse.

6 – Sua ação antioxidante promete benefícios na prevenção de doenças cardiovasculares e diabetes.

7 – Rica em fitoquímicos (carotenoide, zeaxantina, luteína e antocianina) que atuam como substâncias anticancerígenas.

8 – Os carotenoides são substâncias que previnem o envelhecimento da pele.

9 – A zeaxantina e a luteína são substâncias que atuam na proteção dos olhos.

10 – Por conter triptofano, um precursor de serotonina, seu consumo está associado ao bom-humor, alegria e satisfação.

11 – Pela presença de beta-sisterol, que tem ação anti-inflamatória, ajuda a equilibrar os níveis de colesterol.

Os melhores suplementos: Ômega-3 e Vitamina D

 

Como pode a minha saúde se beneficiar de um suplemento de ômega-3?

A pesquisa indica que o ômega-3 (encontrados em óleo de peixe) desempenha um papel fundamental em nosso organismo para nos manter saudáveis. Pessoas que comem peixe, rico em ômega-3, várias vezes por semana, provavelmente não precisam tomar suplementos de ômega-3, mas aqueles que não são muito chegados e dispensam o peixe, podem e devem se beneficiar de suplementação com óleo de peixe diariamente. De fato, 500 mg por dia de EPA / DHA é recomendado por muitas organizações de saúde de cuidados profissionais. O ômega-3 foi encontrado para apoiar a saúde do coração, assim como a saúde do cérebro, articulações e olhos. Ele também ajuda a manter os níveis de triglicéridos corretos e reduzem o risco de doenças cardíacas.

 

Como o suplemento ômega-3 ajuda a preservar a saúde do coração e do cérebro?

O ômega-3 ajuda a proteger a saúde física e mentais. São encontrados no óleo de peixe: ácido eicosapentaenóico (EPA) e docosahexaenóico (DHA). Eles auxiliam na saúde do coração e no sistema circulatório e podem ajudar a manter os níveis de triglicéridos saudáveis. As pessoas com problemas de saúde, especificamente do coração, são aconselhadas a completar com 1000 mg de EPA / DHA por dia. DHA é um constituinte da membrana das células nervosas do cérebro e desempenha um papel importante no desenvolvimento do cérebro e suas funções.

 

Por que a vitamina D é importante para a saúde no geral?

A vitamina D tem emergido como um “suplemento estrela” devido aos seus inúmeros  benefícios nutricionais para homens, mulheres e crianças. A vitamina D desempenha um papel fundamental na absorção do cálcio para os ossos e dentes fortes e, auxilia na saúde do coração. Esta importante vitamina também auxilia o sistema imunológico e o mantém saudável em adultos.

Acabe com os braços flácidos!

 

Para muitas mulheres o simples ato de dar um tchauzinho pode ser embaraçoso  quando os braços são grossos e flácidos.Por outro lado, existe um  receio em fazerginástica localizada nessa região pelo medo de ficar com braços grandes e masculinos.

Mas, se a ideia é afinar os braços é só seguir a técnica de malhação correta e comece a ver diferenças com a musculatura mais definida.

Para afinar os braços, a melhor opção são os exercícios aeróbicos (caminhada, corrida, bicicleta) e os localizados para os membros superiores.

 

Exercícios para afinar os braços

Alguns exercícios localizados com pesos além de afinar os braços, já que tendem a minimizar as gordurinhas, os deixa mais definidos. Porém, saber escolher os exercícios é essencial para não ficar com aparência muito musculosa, que pode ficar menos feminina. Veja alguns exercícios simples para queimar as gorduras localizadas nos braços, sem ganhar massa na região.

1 – Estique bem os braços por cima da cabeça e junte as mãos como se fosse fazer uma oração. As pernas devem estar entreabertas, na linha dos ombros. Os braços devem ficar posicionados atrás das orelhas. Abra os braços, e volte como se estivesse batendo palmas. Faça isso dez vezes e não flexione os braços.

2 – Na mesma posição, continue com as palmas das mãos encostadas. Depois vire as mãos, e encoste as costas das mãos uma na outra. Não flexione os braços. Repita dez vezes.

3 – Flexionar os braços e esticá-los segurando pesinhos também é bom. Você pode fazer isso com os braços por trás da nuca ou com os braços encostados ao corpo. Pode usar pesinhos de 1kg ou usar uma garrafinha com água.

 

Dica: Não esqueça de se alongar antes e depois de fazer os exercícios. Faça as sequências em média três vezes por semana.

Os braços grossos e flácidos possuem gorduras localizadas. Sendo assim, uma dieta adequada complementará o resultado dos exercícios. E, apenas os exercícios específicos também não dão conta, deverão ser associados a uma atividade aeróbica. Se preferir fazer exercícios na academia, a musculação e a ginástica localizada são as melhores opções.

Saiba como ter uma barriga sarada

 

Quer barriga sarada e cintura fina? Veja os hábitos que deve adotar e o cardápio ideal para realizar esse sonho, sem sacrifícios.

Ninguém merece ter uma barriga saliente e pneuzinhos em volta da cintura, né? Mas, resolver esse problema só depende de iniciativa e força de vontade. Veja algumasdicas e afine já!

 

1. Troque o pão francês, o arroz branco e o macarrão pelos integrais, que ajudam a diminuir a gordura abdominal.

2. Consuma iogurtes desnatados para manter a flora intestinal saudável e o intestino funcionando bem.

3. Invista em ingredientes anti-inflamatórios, que previnem o acúmulo de gordura na região da barriga. Ex: gengibre, pimenta vermelha, chá verde e peixes.

4. Coma frutas (com casca é melhor). Ricas em água e fibras são essenciais para o intestino funcionar bem.

5. Acrescente verduras – cruas e refogadas – ao seu cardápio.

6. Prepare sucos com verduras e frutas, que ajudam na eliminação das toxinas. Bons ingredientes são hortelã, agrião, espinafre, couve, laranja, abacaxi e melão.

7. Consuma linhaça. Ela faz uma faxina no organismo e isso ajuda a emagrecer.

8. Tome bastante água, para hidratar o bolo fecal e facilitar a ida ao banheiro. Ela ajuda a eliminar as toxinas pela urina e pelas fezes. E evita o inchaço.

9. Evite água com gás e todos os tipos de refrigerantes. Eles alteram a mucosa intestinal, causam desequilíbrio da flora e estufam a barriga.

10. Fuja de doces, pães e biscoitos feitos com farinha branca. Eles têm alto índice glicêmico, que aumenta a gordura acumulada na região da barriga.

11. Se puder, evite carne vermelha. Ela leva mais tempo para ser digerida e, por isso, favorece a prisão de ventre e a formação de gases.

12. Corte alimentos embutidos – como salsicha, linguiça, salame e mortadela – do seu cardápio. Eles contêm muito sódio, que provoca ou aumenta a retenção de líquidos e o inchaço.

13. Mastigue bem os alimentos até virarem uma pasta. Assim, a digestão fica mais fácil e você evita o acúmulo de gases.

14. Evite qualquer tipo de bebida durante as refeições. “O ideal é tomá-las uma hora antes ou depois do almoço ou jantar. Ao ingerir qualquer líquido na alimentação, o estômago se dilata”, explica Roseli.

15. Mexa-se. Se você trabalha grande parte do dia sentada e não tem tempo para fazer uma atividade física, tente ficar de pé durante 10 minutos a cada uma hora. E mantenha a barriga para dentro!

16. Atenção à postura! Ombros curvados à frente deixam a barriga flácida e saliente. Endireite-se!

17. Reduza o seu nível de estresse. Ele aumenta a produção de cortisol (o hormônio que estimula enzimas responsáveis pelo acúmulo de gordura no abdômen). Para relaxar, consuma alimentos que diminuam sua ação no organismo (chá verde, por exemplo); intercale as refeições de três em três horas e procure fazer uma atividade física que lhe dê prazer.

Que tal uma salada agridoce e light para o fim de semana?

 

Aprenda agora a fazer a salada mediterrânea light muito saborosa e rápida!

Ingredientes para salada:

- Alface Roxa
- Alface Americana
- Agrião
- Rúcula
- Brotos de Alfafa
- Sementes de Papoula
- Lacas de manga
- ½ xícara de tomates cereja
- 2 colheres de nozes picadas

Ingredientes para o molho:

- 1 colher (sobremesa) de óleo de linhaça
- 1 colher (sobremesa) de azeite de oliva
- 1 colher (chá) de gersal
- Pimenta a gosto

Modo de preparo:

Lave as folhas verdes e os tomates cereja e reserve.
No fundo do prato arrume as folhas com o tomate cereja.
Inclua as lascas de manga.
Faça pequenos montinhos com os brotos de alfafa.
Distribua as papoulas e as nozes sobre a salada.
Misture todos os ingredientes do molho e tempere a salada.

Além de fácil e rápida é nutritiva e saborosa, não deixe de fazer!

 

 

A fama do óleo de coco com status de emagrecedor, suplemento é febre

 

A busca por alimentos funcionais, que promovem diversos benefícios à saúde, tem aumentado a cada dia. Além da linhaça, do chá verde, da soja, da chia e das frutas vermelhas, o óleo de coco (Cocos nucifera) também se enquadra nessa categoria.

Obtido a partir da carne do coco maduro, o óleo pode ser fresco ou seco. No processo de obtenção do óleo, não são empregados solventes químicos nem elevadas temperaturas – portanto, seus fitoquímicos são mantidos. Isso resulta em um óleo rico em antioxidantes e com várias propriedades funcionais: prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares, retardo no envelhecimento, função estimulante do sistema imunológico e também indicado como coadjuvante nos processos de emagrecimento.

Estudo publicado na revista Clinical Biochemistry em 2004 destaca que ácido fenólico é a principal substância responsável pela ação antioxidante do óleo de coco, que promove melhora da circulação sanguínea, redução dos níveis de colesterol total, LDL, VLDL e triglicerídeos e aumento das taxas de HDL, o chamado bom colesterol. Dessa forma, também auxilia na prevenção e no tratamento de doenças cardiovasculares.

Em outra pesquisa, publicada em 2008 pelo American Journal of Clinical Nutrition, comparou o efeito do óleo de coco e do azeite na composição corporal. Foi demonstrada a redução significativa de peso no grupo que consumiu o óleo de coco associado à dieta se comparado ao grupo que ingeriu azeite de oliva com dieta.

Os benefícios também foram tema de um artigo publicado na revista Lipds (2009), quando o efeito do óleo de coco nos perfis bioquímicos e antropométricos de mulheres com circunferência de cintura maior que 88 centímetros foi investigado. Após 12 semanas de reeducação alimentar, 50 minutos de atividade física e consumo de 30 mililitros de óleo de coco, as mulheres tiveram reduzidas as circunferências de cintura, as taxas de LDL colesterol e aumentadas a de HDL colesterol comparadas com o grupo controle (reeducação alimentar, 50 minutos de atividade física e 30 ml de óleo de soja).

Fonte de triglicerídeos de cadeia média (TCM), um tipo de gordura que é rapidamente absorvida e transportada para o fígado, onde se transforma em energia, o óleo de coco aumenta a termogênese, o que potencializa o gasto energético do organismo, além de causar saciedade. Estudos como esse mostram que o óleo de coco associado a bons hábitos alimentares e de atividade física podem potencializar a perda de peso. Porém, segundo a nutricionista Flávia Morais, como qualquer outro termogênico, o óleo de coco é somente um coadjuvante no emagrecimento.

Quinoa: conheça os benefícios do grão para a saúde da mulher...

 

Considerado o melhor alimento de origem vegetal do mundo, quinoa deve ser incluída no prato.

Não é à toa que a quinoa vem ganhando espaço na mesa dos brasileiros. Considerada um dos alimentos mais completos em nutrientes pela Academia de Ciências dos Estados Unidos e pela Organização das Nações Unidas, equiparando-se apenas ao leite materno, ela previne a osteoporose e o câncer de mama.

«O grão tem a quantidade ideal de calorias, proteínas, gorduras e carboidratos", diz Jaime Amava Farfan, coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da Universidade Estadual de Campinas (SP).

Além de grãos, a quinoa também é encontrada em forma de flocos ou farinha.

Rica em fibras, a quinoa dá a sensação de estômago cheio, fazendo dela um auxiliar da dieta. E os fitoestrogênios, substâncias naturais que "imitam" a ação do estrogênio no organismo, ainda combatem os sintomas da TPM e da menopausa.

O grão pode ser misturado em sopas, saladas, sucos, risotos, pães, bolos e tortas. Se for consumir em forma de flocos, polvilhe no iogurte, em vitaminas e na salada de frutas. Já a farinha de quinoa pode ser usada como base para pães, pudins, mingaus e biscoitos.

Outros benefícios da quinoa para a saúde da mulher são: regular o intestino; aumentar a disposição; retardar o envelhecimento; recuperar as fibras musculares; controlar os níveis de colesterol, glicemia e triglicérides no sangue; combater a anemia, problemas urinários e doenças do fígado; além de prevenir a osteoporose, câncer de mama, doenças do coração e outras alterações decorrentes da carência de estrogênio na menopausa.

Semente de Chia elimina gordura e traz benefício para saúde...

 

Trazida do México, a chia é uma semente que foi extremamente consumida pelas antigas civilizações, pelo fato de fornecer força e resistência física.

Dentre seus componentes está o ômega 3 - bem mais concentrado do que na linhaça. As cápsulas de Chia é a mais rica fonte vegetal de ômega 3, podendo seu óleo chegar a 64% desse ácido graxo.

Também tem fibras, cálcio, magnésio, potássio e proteína em quantidades bem elevadas.

A chia age de três formas que contribuem no emagrecimento:

Causa saciedade: Seus componentes são mucilaginosas, ou seja, ricas em fibras. ao entrarem em contato com a água, formam um gel no estômago. diante dessa reação, a digestão torna-se mais lenta. Assim, o indivíduo fica satisfeito mais rapidamente e, então, passa a consumir porções menores".

· Combate inflamação: "a gordura é resultado de um processo inflamatório do organismo, que deixa de enviar mensagens de saciedade ao cérebro. Com isso, perde-se o controle sobre a fome a ponto de comer e nunca se sentir satisfeita.

O ômega 3 presente no grão combate essa inflamação, ajudando o corpo a recuperar o controle sobre o apetite".

· Desintoxica: "a fibra regula o trânsito intestinal e limpa o organismo por meio das fezes".

Para quem quer emagrecer como a Chia auxilia no emagrecimento:

Além de ajudar o corpo a entrar em forma, a chia colabora na redução do colesterol, controla a glicemia, ajuda na formação óssea, previne o envelhecimento precoce e melhora a imunidade do organismo.

O poderoso grão possui…

· 2 vezes mais potássio do que a banana
· 3 vezes mais ferro do que o espinafre
· 6 vezes mais cálcio do que o leite integral
· 8 vezes mais ômega 3 do que o salmão
· 12 vezes o próprio peso: é o que ela absorve de água
· 15 vezes mais magnésio do que o brócolis

Propriedades da Pitaya

 

Combate o colesterol, pois é rica em Ômega 3.

Combate a hipertensão arterial.

Inibe a vontade de comer doces.

Auxilia nos regimes alimentares.

Auxilia no metabolismo.

Regula o diabetes.

Fortalece o sistema imunológico.

Auxilia a visão e a beleza da pele.

Previne o câncer de cólon.

Auxilia no processo digestivo.

Protege as células do organismo.

Rico em fibras e minerais, principalmente zinco e ferro.

Possui quantidades significativas de antioxidantes, que previnem os radicais livres.

A pitaya supostamente aumenta a excreção de metais pesados e diminui o colesterol e pressão sanguínea.

Seu uso regular alivia doenças crônicas do sistema respiratório.

Lactase Cápsulas

 

O que é Lactose ?

 

É um açucar formado por dois outros tipos de açúcares e está presente no leite e derivados. A atividade enzimática da lactase quebra essa ligação liberando os monômeros glucose e galactose para as células intestinais absorverem.

A lactose é a enzima responsável pela hidrólise da lactose (quebra da lactose em galactose glucose).

A LACTASE amplia as possibilidades alimentares para os intolerantes a lactose, que podem consumir livremente produtos lácteos e derivados de leite em suas receitas.

 

Cápsulas para auxiliar numa vida normal para intolerantes a lactose:

 

A intolerância à lactose é uma sensibilidade aos açúcares presentes no leite e laticínios.

A capacidade de digerir a lactose diminui com a idade devido à redução da quantidade da enzima lactose no intestino delgado. Pessoas com má absorção de lactose, ao evitarem o leite e seus derivados acabam por ingerir quantidades insuficientes de cálcio ou tem sua absorção comprometida.

 

Benefícios do Óleo de Coco Extra Virgem

 

Óleo de Coco Extra Virgem pode substituir demais óleos no cozinha, pois é um produto com capacidade de suportar altas temperaturas sem sofrer modificação em seus componentes nutricionais. Por isso ele é considerado um óleo estável, além de mais saudável, pois não apresenta gordura trans, que é gerada pelo processo de hidrogenação, presente na maioria dos óleos de origem vegetal. Assim o Óleo de Coco Extra Virgem pode ser usado em refogados, saladas, vitaminas e na alimentação cotidiana em geral.

O Óleo de Coco Extra Virgem COPRA é composto de antioxidantes, diminuindo a ação dos radicais livres, além de ser rico em ácidos graxos, vitamina E, Ômega 6 e Ômega 9. É extraído da fruta fresca, prensado a frio, não passando por nenhum tipo de refinamento, logo é um produto 100 % natural e livre de agrotóxicos. Dessa forma não possui nenhuma contra indicação quanto ao seu uso.

O Ácido Láurico, presente no leite materno, é encontrado no Óleo de Coco Extra Virgem em maior concentração, entre todos os óleos presentes na natureza e, por ser de fácil digestão, gera energia rapidamente, ajudando na proteção e no equilíbrio do nosso organismo.